news image

Otite em cães e gatos.

O termo otite refere-se à inflamação do ouvido e ocorre muito comumente nos animais.
A otite externa é caracterizada por sinais de inflamação como eritema (vermelhidão) da parte interna da orelha, inchaço, ulceração na parte interna dos condutos, dor na palpação e pela presença de secreções nos ouvidos. Essas secreções podem ter um mau odor característico.
Os animais com otite inclinam e sacodem a cabeça, coçam e sentem dor à manipulação das orelhas. Quando um animal tem otite crónica (casos avançados), isto é, possui a inflamação do ouvido durante muito tempo (geralmente meses a anos), surgem alterações nos ouvidos que podem ser irreversíveis.
Está recomendada a limpeza auricular frequente em animais de raças consideradas predispostas ou em animais com historial de otite (mesmo que sejam de raças indeterminadas ou não predispostas). A frequência destas limpezas varia de animal para animal. Nas limpezas auriculares deve utilizar produtos específicos para cães e gatos de modo a não interferir com as condições fisiológicas do canal auditivo.
Para prevenir o desenvolvimento de otites devem evitar-se alterações da umidade auricular e variações rápidas da temperatura. Os produtos otológicos de limpeza têm propriedades secantes do canal auditivo de modo a reduzir a umidade existente.